Visite tambem o novo Blog.

Visite tambem o novo Blog Relembre os acontecimentos dos anos 80 a 2000 : http://www.yzbrasil.blog.br/

sábado, 12 de fevereiro de 2011

: Martha Rocha- A primeira miss Brasil em 1954. Ícone dos anos 50!















Maria Martha Hacker Rocha (Salvador, 19 de setembro de 1936) é uma ex-modelo brasileira, eleita em 1954 a primeira Miss Brasil.
Martha Rocha é a sétima filha do casal Álvaro Rocha e Hansa Rocha. Aos 18 anos, Martha participou do concurso Miss Bahia, venceu e logo após tornou-se Miss Brasil. Em julho de 1954, Martha chega aos Estados Unidos e pesquisas já a consideravam eleita a Miss Universo. Martha ficou em 2º lugar e diz a lenda que a perda do o título de Miss Universo para a americana Miriam Stevenson se deveu a duas polegadas a mais nos quadris. O segundo lugar deu a Miss a fama absoluta. Depois do concurso, Martha Rocha tornou-se referência nacional de beleza.


Duas polegadas

A história das duas polegadas foi uma invenção de jornalista João Martins da Revista "O Cruzeiro" do Rio de Janeiro[2] para consolar o orgulho brasileiro. Tudo foi combinado com os demais jornalistas brasileiros que estavam em Long Beach. A própria Martha autorizou a versão, conforme consta de sua autobiografia[3]. Segundo Martha, "nem eu soube se essa história de duas polegadas teria sido verdade mesmo".
A Miss casou-se cedo com o banqueiro português Álvaro Piano e com ele teve dois filhos Álvaro Luis e Carlos Alberto Piano. Pouco depois, seu marido sofreu um acidente de avião e Martha passou a ser viúva. Voltou ao Brasil com 23 anos e tornou a estar fortemente presente na mídia. Em 1961 casou-se com Ronaldo Xavier de Lima e teve uma filha Claudia Xavier de Lima. Residindo durante anos em majestosa cobertura dúplex na Avenida 
Atlântica, em Copacabana

Vida após o concurso

A partir de 1996, passou a aparecer em júris de concursos de beleza se tornando a primeira miss a cobrar cachê para tanto. Em entrevista publicada em abril de 2006 pela revista IstoÉ, Martha explicou que era uma necessidade, pois no ano anterior perdera todo o dinheiro que tinha com a falência de uma instituição financeira (a Casa Piano) comandada à época por um de seus familiares no Rio de Janeiro.
Em 2000, descobriu ser portadora de câncer de mama após assistir a uma reportagem televisiva sobre mutirões de saúde que promoviam o autoexame. A partir daí, Martha passou a ter outro estilo de vida. Nessa época, mudou-se do Rio para Volta Redonda, onde reside um de seus filhos.
Em 2004, Martha foi homenageada com uma exposição itinerante de fotos de sua trajetória como Miss Brasil. Nesse ano, o concurso chegava ao seu 50º aniversário.


Wikpédia,  a enciclopédia livre

Últimas notícias sobre Marta Rocha


Símbolo de beleza do século 20, ela continua linda. E, aos 73 anos, ganha lugar na Calçada da Fama de Ipanema



Uma polegada equivale a 2,54 centímetros. Duas somam 5,08 centímetros.

A glória total e o risco de não resistir aos baques da vida sempre estiveram a duas polegadas da baiana Marta Rocha.

Para a glória total, faltaram duas polegadas.

No sentido literal, preciso, na medida exata: Martha, um dos mais cultuados símbolos de beleza do país no século 20, ficou em segundo lugar no Miss Universo de 1954, nos Estados Unidos, exatamente por ter duas polegadas a mais nos quadris do que permitia a lei do concurso.

Tinha 18 anos na época. Os lírios, como atestou o genial Carlos Drummond de Andrade, não nascem mesmo das leis. O que era doce ênfase de encanto ao olhar de todo brasileiro foi considerado exagero, over, pelos jurados majoritariamente americanos.

Mesmo com o segundo lugar, Martha encontrou a glória. Ela frequentou as melhores e mais graduadas rodas. Trabalhou como modelo e garota propaganda em estúdios de Hollywood. E, no Brasil, gravou dois discos com um dos maiores furacões musicais do Brasil delicado daquela metade do século 20: a cantora Emilinha Booooooorrrrba.

Neste domingo (11), Martha recebeu mais uma homenagem importante. Ela gravou as mãos na Calçada da Fama de Ipanema, um projeto mantido pelo misto de livraria e ponto de encontros musicais Toca do Vinícius, no número 129 da célebre rua Vinícius de Moraes, quase esquina com Farme de Amoedo. Na República de Ipanema, claro.

Fará companhia a figuras do quilate do compositor Braguinha, da cantora Maria Bethânia e dos craques Zico, Roberto Dinamite e Jairzinho, entre muitos outros. O cantor Milton Nascimento será o próximo.

O sofrimento também esteve a duas polegadas de Maria Martha Hacker Rocha, sétima filha mulher – e sétima Maria – dos onze tidos pelo engenheiro Álvaro e Hansa Rocha.

Aos 23 anos, Martha ficou viúva do primeiro marido, o banqueiro argentino Álvaro Piano, morto num acidente de avião. Com ele, teve dois filhos: Álvaro, hoje com 50 anos, e Carlos Alberto, 49. A filha mais nova, Cláudia, 42, é fruto do segundo casamento, com Ronaldo Xavier de Lima.

Não foi só. Em 1995, teve todas as suas economias roubadas pelo cunhado, Jorge Piano, fundador da Casa Piano, um das maiores casas de câmbio do Rio de Janeiro na segunda metade do século 20.

Jorge fugiu para o exterior com o dinheiro da musa, de outras figuras-símbolo da carioquice típica (se é que existe outra), como o colunista Ibrahim Sued, e de mais 700 incautos. Martha prefere não revelar quanto perdeu.

Em dificuldade, ela vendeu seu apartamento de quatro quartos na Lagoa Rodrigo de Freitas, um dos pontos mais exuberantes do Rio e do País, para saldar compromissos, evitar a bancarrota e sobreviver enquanto reorganizava as finanças pessoais.

- Fui traída por este cidadão que, veja só, é também pai de uma de minhas noras e, portanto, avô de netos meus.

Em 2001, soube que tinha câncer de mama.

O tratamento foi longo, mas felizmente controlou a doença.

Em julho passado, viu morrer a neta Fernanda, 24 anos, vítima de complicações geradas a partir de uma pneumonia.

A eterna Miss Brasil sobreviveu. Varreu tudo para fora de sua passarela com altivez e a luminosidade que ainda cintila no par de olhos espantosamente azul.

Hoje, vive afastada da agitação. Mora feliz em Volta Redonda, cidade do Vale do Paraíba fluminense às margens da Via Dutra, com 262 mil habitantes, distante 134 quilômetros do Rio e 280 quilômetros de São Paulo.

Volta Redonda é a Cidade do Aço. O apelido vem do fato de abrigar uma das maiores usinas siderúrgicas do mundo, a CSN (Companhia Siderúrgica Nacional), criada como estatal em 1941, no governo do presidente Getúlio Vargas. Hoje privatizada, a CSN é controlada pelo empresário Beijamin Steinbruch.

O tempo é cruel para todos, mas sabe produzir exceções. Aos 73 anos, Martha Rocha ainda é beleza rara concentrada em 1,60 metro de altura.

Estar bonita aos 73 anos – e linda se considerarmos sem piedade a média das senhoras de 73 anos - não chega a ser uma surpresa diante da amizade reverente e inabalável que o destino insistiu em manter com “Martha Rocha gostosona”, como a chamavam muitos nos anos 1950 e 1960. Para encantamento dos homens e surpresa das mulheres.

Continua também extremamente fina e educada.

O repórter quis saber seu peso atual.

- Não me peso há muito tempo. Devo ter engordado um pouco em função dos remédios para o tratamento do câncer. De qualquer forma, acho que você, um moço educado como percebi, não seria capaz de me submeter a um teste desta natureza a essa altura dos meus 73 anos, não é mesmo?

O repórter mudou de assunto no instante.

Martha foi para o interior fluminense assim que teve o câncer diagnosticado.

- Resolvi buscar tranquilidade. Um dos meus filhos, que é agrônomo, morava em Volta Redonda. Ele foi embora, mas eu me apaixonei pelo lugar e fiquei.

Na primeira fase, morou em uma casa espaçosa e distante da região mais populosa da cidade. Atualmente, vive num apartamento de três quartos em um bairro mais central, o Aterrado.

A rotina inclui longas caminhadas, leituras de livros, filmes em DVD e muita música. Ouve Puccini, Verdi, Luciano Pavarotti, Emílio Santiago, Maria Rita. E de um cantor da cidade chamado Ricky Valen.

- Esse rapaz é um talento. Precisa ter um espaço maior no cenário nacional.

Há algum tempo, Martha dedica-se às artes plásticas. A venda de alguns quadros abstratos ajudou a segurar as pontas depois do golpe aplicado pelo cunhado Jorge Piano. Muito da produção está anunciada na sua página na Internet, www.martarocha.com.br. Assim mesmo, sem o h.

E assiste televisão com regularidade.

- Gosto muito da Record. Admiro o trabalho do Celso Freitas e da Ana Paula Padrão. Acompanho também muitos dos debates organizados pelos pastores no início da madrugada. Há sempre temas interessantes.

Para a apresentadora Ana Hickmann, Martha Rocha dedica um comentário que, à luz de sua história pessoal, deve ser guardado com honras de prêmio superior.

- Além de linda, ela é muito competente no que faz.

As visitas aos amigos consomem um bom tempo da eterna Miss Brasil:

- Os mais próximos são o jornalista Mário Sérgio Costa, o promoter Oswaldo Marcos e o administrador Jefpe Castro. Mas todos na cidade me tratam com um carinho comovente.

As noites intermináveis nos pontos badalados do Rio-anos-dourados foram substituídas por jantares e sessões de música em bares e restaurantes locais, como o variado Bosque da Lua e o lusitano Adega do Portuga.

Nos finais de semana, costuma descansar na bela região serrana fluminense de Penedo e de Visconde de Mauá, distante cerca de 35 quilômetros de Volta Redonda.

Mas, além de tudo isso, a admiração pela Cidade do Aço teve alguma inspiração sentimental?

- De forma alguma. Não tenho ninguém na minha vida – e nem quero. Está bom assim.

A eterna Miss Brasil certamente ainda merece uma companhia que, de vez em quando, pudesse estar a menos de duas polegadas de distância.

http://entretenimento.r7.com/famosos-e-tv/fotos/martha-rocha.html




4 comentários:

Anônimo disse...

oi meu nome tamb é Marta então de tanto as pessoas me chamarem de Marta Roxa eu tive a curiosidade de saber mais sob esta pessoa fantástica obrigada por me ajudarem,eu só gostaria de saber se ela ainda é viva,e o que faz oj.bjos

Mariangela disse...

Marta, muito obrigada por sua visita!
Para atendê~la e tambem satisfazer possíveis curiosidades dos fãs de Marta Rocha, resolvi ir atrás para saber quais são as últimas notícias a respeito dela. Publiquei um complemento na postagem acima. Espero que tenha conseguido satisfazê-la!
Bjs! Volte sempre!

Luana Rita Marmoratto disse...

Martha Rocha: este nome soa aos meus ouvidos como sinônimo de beleza e poder feminino!
Em 1954 qdo Martha tornou-se Miss Brasil, eu nasci...
Amei conhecer seu perfil atual: Uma
pessoa refinada e interessante...

SILMARAMARX70 disse...

MARTHA ROCHA - Fortaleza da Beleza!