Visite tambem o novo Blog.

Visite tambem o novo Blog Relembre os acontecimentos dos anos 80 a 2000 : http://www.yzbrasil.blog.br/

domingo, 21 de novembro de 2010

1ª EXPOSIÇÃO AGRÍCOLA, COMERCIAL E INDUSTRIAL DE CATANDUVA



Foi realizada no período de 15 a 30 de setembro de 1962, no local entre as Indústrias COCAM e o Rio São Domingos, a 1ª Exposição Agrícola, Comercial e Industrial de Catanduva.
Linhas da Nossa História 03/09/2006 00:00:00 | Por Nelson Bassanetti

Foi realizada no período de 15 a 30 de setembro de 1962, no local entre as Indústrias COCAM e o Rio São Domingos, a 1ª Exposição Agrícola, Comercial e Industrial de Catanduva. Ela foi organizada pela Prefeitura Municipal de Catanduva (prefeito Antônio Stocco) e pela (ACIC) Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Catanduva, (presidente João Pedro Xavier de Andrade), que recebeu também a incumbência de presidir a exposição. Nesse local, além do Parque Shangai, instalaram-se 100 estandes com firmas de Catanduva e de todo o Brasil. Tínhamos espetáculos todos os dias e aos sábados a presença do animador Airton Rodrigues (Programa Almoço com as Estrelas) da TV Tupi de São Paulo. Assim passaram pela concha acústica (construída para esse evento) e depois com baile no Clube de Tênis, orquestras de Dick Farney, Cid Gray, Breno Sauer, conjunto Jet Blacks, as cantoras Leny Andrade, Izaurinha Garcia, Ângela Maria e os cantores Orlando Silva e Vicente Celestino. A exposição que estava sendo um sucesso, foi prorrogada por mais 15 dias e teve seu encerramento com show de Virgínia Lane (a vedete do Brasil). Padre Albino completou nessa época 80 anos, sendo ali também homenageado pelo trabalho altruísta que desempenhava. Houve várias candidatas ao concurso “A Rainha do Milho”: Tereza Cristina Sampaio, Ana Maria Lopes, Maria das Graças de Andrade, Ana Maria Mastrocola, Eliana Quelhas e Climéia Resende, sendo a ganhadora a que vendesse maior número de votos que foi Tereza Cristina Sampaio. Foi realizado no local um programa de auditório “A mais bela voz de Catanduva”, com jurados e animação de Parcial Garret e Hélio Silva, da rádio Difusora de Catanduva, sendo o vencedor Wanderley Narciso Sena e a 2ª colocada Jussara Garcia. Tivemos até o baile “O presidente”, pois recebemos a visita do Presidente da República João Goulart que coroou a nossa rainha e cognominou Catanduva como a “Capital do Milho”. Marcaram presença em Catanduva, o Governador do Estado Professor Carvalho Pinto, o Ministro da Agricultura Costa Lima, o Presidente do Senado Auro Soares de Moura Andrade, a deputada federal Ivete Vargas, políticos de todos os matizes e um infindável número de celebridades. Na ocasião tivemos um banquete no Clube dos 300, de 600 talheres, servidos pelo buffet das Irmãs Mazzi, decoração de Vitório Zeviani e animação do “Conjunto da Saudade”, de Sebastião de Arruda Lima. O embaixador Assis Chateaubriand (proprietário da Rede Tupi, Emissora e Rádios Associadas), que foi personagem em 2004, da minissérie “Um só Coração” da Rede Globo de Televisão, ausente por problemas de saúde, foi homenageado e recebeu do prefeito Antônio Stocco a seguinte deferência: “Gigante brasileiro, cuja alma iluminada pelo sol nordestino é uma alma de aço virgem, que não se dobra, que não enfraquece, que não deserta do campo de luta permanente nem mesmo quando a mão implacável do destino lhe fere fundo o corpo e lhe vulneram os músculos, é o grande amigo de Catanduva”. (Em 1960, Chateaubriand sofreu um derrame que o paralisaria quase que totalmente e num hospital americano, aprendeu uma técnica de comunicação através de sopros que emitia e eram interpretados por uma enfermeira especializada e escrevia os artigos numa máquina especialmente adaptada). Sensibilizado pela homenagem encaminhou ao prefeito o seguinte telegrama: “Discurso caro amigo teve para mim a altura de um outro sermão da montanha. Digo lhe isto com toda a emoção que experimentei diante do Chefe do Estado de Catanduva”. Chateaubriand, baluarte de várias campanhas brasileiras esteve em Catanduva em 1956, quando da “Campanha dos Cafés finos” e, em razão da nossa pujança, nos intitulou como “O ESTADO DE CATANDUVA”. Foi um evento com pompa e circunstância inigualáveis, que contou com a participação de todos os segmentos da cidade envolvidos no trabalho de engrandecer nossa “Cidade Feitiço”

http://www.catanduvacidadefeitico.com.br/exibemateria.php?noticia_id=205

3 comentários:

Mariangela disse...

Fazua tempo que eu queria relembrar onde fui receber o prêmio como uma das melhores redações sobre o plantio do milho, no Octacílio. Fiquei exultante ao encontrar esta matéria!
Foi nessa exposição que recebi meu prêmio em dinheiro pelas mãos da cantora Ângela Maria, que me deu um beijo na face, deixando nela, uma marca de baton que eu orgulhosamente ostentei o dia inteiro! Com este prêmio, comprei a boneca tão sonhada!

pedro luis disse...

nossa que festa chique!!!!rararararara pena que não era nascido!!!

vera márcia disse...

Estive nesta festa....amei. Foi nesta festa que conheci a maçã do amor. Me lembro perfeitamente da Angela Maria cantando.